Matérias

Branding – Como destacar a sua marca no mercado

branding

Estratégia de marketing tem como objetivo criar conexão com consumidores, através de conteúdos diferenciados sobre a marca.


Vender mais. Esse é o desafio diário das marcas no cenário global. Para tal, surge o Branding, o alinhamento entre Marca, Negócio e Comunicação. Ou seja, a marca passa a se relacionar com seus públicos com propósito e promovendo impactos positivos no mundo.

Neste sentido, podemos citar a empresa potiguar Vegfood. Criada pelas irmãs Querzia e Cibele Morais, oferece uma variedade de comidas veganas, vegetarianas, funcionais e low carb. Tudo isto aliado ao sabor e ao toque caseiro. Elas disponibilizam uma grande variedade de pães, doces e salgados sem glúten, açúcar, lactose, conservantes e refinados.
Além de um forte propósito, o Branding é o responsável por criar conexões conscientes e inconscientes que motivam o cliente a escolher sua marca, produto ou serviço.

Um case de sucesso é o da gigante mundial do ramo dos cosméticos, Dove. Em 2013, a multinacional teve que se reposicionar no mercando mostrando ser uma marca que valorizas todos os tipos de beleza, recuperando o conceito de Beleza Real, utilizado pela empresa anteriormente.

Para a campanha, foi desenvolvido um minidocumentário onde são entrevistadas diversas mulheres, de diferentes idades e etnias. Elas deveriam expor a forma como se enxergam e a forma como veem outras mulheres. Um artista fazia retratos falados, a partir das descrições das participantes.

Ao assistir ao vídeo, o expectador percebia que as descrições feitas por outras pessoas sempre eram mais positivas do que quando mulheres descreviam a si mesmas. A partir disso, o consumidor conseguia compreender como as mulheres são rigorosas com a própria aparência, por conta dos padrões de beleza impostos pela sociedade.

Ao fugir do senso comum e tocar em uma questão de extrema importância para o seu público (em sua maioria, formado por mulheres), a Dove conseguiu viralizar a campanha. Com a ação, a Dove conseguiu fazer seu posicionamento como uma marca que valoriza todas as mulheres, enxergando a ‘real beleza’ de cada uma das suas clientes.

Assim, todas as escolhas que uma marca faz, desde a criação de um logotipo, discurso, tom de voz, valores da empresa, jingles, tudo isso ajuda a construir a personalidade de uma marca. Todos estes elementos contribuem para a criação de um valor. E este valor cria significado por meio de símbolos.

Vejamos a Coca-Cola. Ela sempre consta nas listas das marcas mais lembradas entre os consumidores. Isso se dá devido à uma estratégia de Branding eficaz e constante. A maioria das peças publicitárias desenvolvidas pela marca não colocam os seus produtos em primeiro plano. A empresa sempre busca vender a experiência que o público tem ao consumir seus produtos e as emoções que causam.

Um símbolo famoso e esperado da empresa são as campanhas de natal, que sempre destacam de forma lúdica a magia da data. Dessa forma, a Coca lembra aos consumidores que está sempre presente em momentos especiais em família.

O autor de livro e blogs sobre negócios e autoridade em Marketing de Permissão, Seth Godin, explica que todo este conjunto de ações faz com uma marca se destaque no mercado.

“Uma marca é um conjunto de expectativas, memórias, histórias e relacionamentos que, juntos, são responsáveis por fazer o consumidor escolher um produto ou serviço em vez de outro”.

De acordo com uma pesquisa realizada por Ana Couto Branding, quando uma marca consegue se conectar verdadeiramente com seu consumidor através do seu propósito, a percepção de preço pode mudar: 67% dos entrevistados disseram estar muito dispostos a comprar um produto de uma marca que se conecte com eles a partir de um propósito comum e se dispõem a pagar mais por isso, já que enxergam valor real nessa aquisição.

Desta forma, Branding é o conjunto de ações alinhado ao posicionamento, propósito e valores da marca. Uma marca com personalidade e propósito, que cria identificação com as pessoas, com suas histórias e suas causas, faz a diferença. Além disso, promover boas experiências é uma das armas para a aquisição de novos clientes.

Entregar o que promete é branding

Uma boa estratégia de branding só sobrevive se a empresa entregar o que promete. No passado, quantas vezes ouvimos falar “é só na propaganda”. Era o que acontecia quando não existia as redes sociais. Agora o que vai destacar a sua marca não é uma promessa publicitária, mas sim o relacionamento e a boa experiência que o seu produto vai causar ao consumidor.

Atualmente, é comum andar pela cidade de Natal e observar empresas de alimentos prometendo comida afetiva. Quando consumimos muitos destes produtos, eles não entregam o que prometem. Seja pela falta de qualidade ou mesmo pela questão de a afetividade não ser sentida. Um exemplo são doces caseiros, que não tem sabor de doce da vovó.

Como diz Alex Lima, CEO da Glóbulo “Para que inventar algo, se você pode ser algo?”

Tags
EnglishPortuguese